Tags

, , ,

 

 

 

O Nobel da Paz vai para Liu Xiaobo, ativista desde os tempos da Praça Tiananmen, condenado em 2009 a onze anos de prisão por defender reformas democráticas para o seu país, nomeadamente através da publicação de textos na internet e da participação na redação da Carta 08, um manifesto publicado em Dezembro de 2008.

A Carta 08, entretanto, assinada por milhares de pessoas, dentro e fora da China, exigia, entre outras medidas, um poder judicial independente, liberdade de associação, de religião e de expressão e proteção do meio ambiente. Ele buscou inspiração na velha Carta 77 – checoslovaca

Anúncios